• Entrada
Domingo VI da Páscoa

Homilia no VI Domingo de Páscoa C 2016 (Dia da Mãe)

“Não desprezes nenhum bom conselho” (Tb 4,18)! E os apóstolos Paulo e Barnabé procuram-no humildemente, para saber o que fazer, diante de uma questão que divide a sua comunidade. Procuram conselho, não em videntes ou cartomantes, que têm resposta para tudo, mas em pessoas sábias, que lhes estão a uma certa distância, mas que guardam a Palavra de Jesus, que rezam sem cessar e que se deixam guiar pelo Espírito Santo!

Continue a leitura

Domingo IV Da Páscoa | Ano C

Homilia no IV Domingo de Páscoa C 2016

Neste IV Domingo de Páscoa temos o clássico Evangelho do «Bom Pastor»! Mas o Pastor toma também o lugar e a figura do «Cordeiro», que a todos trata misericordiosamente. Na visão maravilhosa do Apocalipse, o Cordeiro, imolado e de pé, Cristo morto e ressuscitado, mostra-Se rico em misericórdia: Ele sacia para sempre a nossa fome e a nossa sede, Ele abriga-nos do calor e do vento, Ele enxuga-nos todas as lágrimas dos olhos: as lágrimas do luto, da ausência e da saudade; as lágrimas do sofrimento, do arrependimento, da oração e até do contentamento.

Continue a leitura

Domingo V da Páscoa | Ano C

Homilia no V Domingo de Páscoa C 2016

«Ensinar os ignorantes» é a segunda obra de misericórdia espiritual, proposta para esta quinta semana da Páscoa. Será uma obra de misericórdia, em desuso? Na verdade, quem se atreverá a considerar o outro como “ignorante”, sem levar, por resposta defensiva e agressiva, «ignorante és tu!» Esta é, por isso, uma obra de misericórdia que se torna “ofensiva”, num tempo em que o “saber” está a um clique do rato do computador ou do telemóvel.

Continue a leitura

Domingo III da Páscoa | Ano C

Homilia no III Domingo de Páscoa C 2016

Suportar com paciência as fraquezas do nosso próximo! Esta é a sexta obra de misericórdia espiritual, que nos propomos viver, nesta terceira semana da Páscoa. Dita assim, ou, na pior tradução, «suportar com paciência as pessoas molestas», nem parece uma obra de misericórdia!

Continue a leitura

Mais artigos...

Leituras do dia

  • Terça-feira, dia 3 de Maio de 2016 : 1ª Carta aos Coríntios 15,1-8.
    Recordo-vos, irmãos, o Evangelho que vos anunciei e que recebestes, no qual permaneceis e pelo qual sereis salvos, se o conservais como eu vo-lo anunciei; aliás teríeis abraçado a fé em vão. Transmiti-vos em primeiro lugar o que eu mesmo recebi: Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras; foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras, e apareceu a Pedro e depois aos Doze. Em seguida apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma só vez, dos quais a maior parte ainda vive, enquanto alguns já faleceram. Posteriormente apareceu a Tiago e depois a todos os Apóstolos. Em último lugar, apareceu-me também a mim, como o abortivo.
  • Terça-feira, dia 3 de Maio de 2016 : Livro de Salmos 19(18),2-3.4-5.
    Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. O dia transmite ao outro esta mensagem e a noite a dá a conhecer à outra noite. Não são palavras nem linguagem cujo sentido se não perceba. O seu eco ressoou por toda a terra e a sua notícia até aos confins do mundo.
  • Terça-feira, dia 3 de Maio de 2016 :
  • Terça-feira, dia 3 de Maio de 2016 : Evangelho segundo S. João 14,6-14.
    Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Eu sou o caminho, a verdade e a vida: ninguém vai ao Pai senão por Mim. Se Me conhecêsseis, conheceríeis também o meu Pai. Mas desde agora já O conheceis e já O vistes». Disse-Lhe Filipe: «Senhor, mostra-nos o Pai e isto nos basta». Respondeu-lhe Jesus: «Há tanto tempo estou convosco e não Me conheces, Filipe? Quem Me vê, vê o Pai. Como podes tu dizer: ‘Mostra-nos o Pai’? Não acreditas que Eu estou no Pai e o Pai está em Mim? As palavras que vos digo, não as digo por Mim próprio, mas é o Pai, permanecendo em Mim, que faz as obras. Acreditai-Me: Eu estou no Pai e o Pai está em Mim. Acreditai ao menos pelas minhas obras. Em verdade, em verdade vos digo: Quem acredita em Mim fará também as obras que Eu faço e fará obras ainda maiores, porque Eu vou para o Pai. E tudo quanto pedirdes em meu nome, Eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, Eu a farei».